Petroleiros da Regap suspendem greve e mantêm negociação com Petrobras

Os petroleiros da Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, decidiram no fim da noite de segunda-feira (22) suspender a greve na refinaria e manter as negociações com a Petrobras.

Em assembleia virtual, a suspensão da greve foi aprovada com 89% dos votos, 6% dos votos contrários e 5% de abstenções, informou o Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindipetro-MG). A paralisação, que começou na segunda-feira, foi suspensa a partir das 7h desta terça-feira. De acordo com o sindicato, a mobilização da categoria e as denúncias do sindicato forçaram a gerência da Regap a negociar melhoria nas condições de trabalho.

A greve foi motiva pelo aumento de casos de covid-19 na refinaria, entre outras questões. Desde o início do mês, foram registrados mais de 200 testes positivos e 12 internações.

De acordo com o sindicato, a chegada de 2.200 trabalhadores em função da parada de manutenção, na Regap, causou aglomeração na refinaria, transformando-a em um epicentro da pandemia em Betim.

A pauta de negociações também inclui recomposição de efetivo, fim da terceirização das atribuições e tarefas inerentes aos cargos do quadro de trabalhadores próprios da Petrobras, regulamentação do teletrabalho e reembolso das horas indevidamente descontadas em janeiro 2021 em descumprimento do acordo realizado no TST decorrente da greve de fevereiro de 2020, entre outras.

Fonte: Valor Econômico