Carros elétricos vão dobrar demanda por energia no mundo, diz dono da Tesla

O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, disse na terça-feira que o consumo de eletricidade dobrará se as frotas mundiais de automóveis se tornarem elétricas, aumentando a necessidade de expandir as fontes de geração de energia nuclear, solar, geotérmica e eólica.

Aumentar a disponibilidade de energia sustentável será um grande desafio à medida que os carros mudam de motores de combustão para motores elétricos movidos a bateria, uma mudança que levará duas décadas, disse Musk em uma palestra apresentada pela editora Axel Springer, de Berlim.

– Levará mais 20 anos para que os carros sejam totalmente elétricos. É como no caso dos telefones, você não pode substituí-los todos de uma vez – disse Musk, acrescentando que cerca de 5% dos veículos são substituídos todos os anos.

Assim que os carros elétricos se tornarem a norma, a eletricidade de fontes de energia que são geradoras intermitentes, como a eólica e a solar, precisará ser armazenada, provavelmente por meio da tecnologia de baterias, disse ele.

– Junto com grandes baterias, as duas coisas precisam ser combinadas.

A Tesla está embarcando em planos para construir sua quarta gigafábrica na maior economia da Europa.

– As melhores turbinas eólicas são feitas na Alemanha – disse Musk.

A Tesla adquiriu recentemente uma licença para comercializar eletricidade em toda a Europa Ocidental, e a empresa também tem pesquisado com clientes na Alemanha sobre o uso potencial da eletricidade da Tesla em seus carros.

Fonte: O Globo