Produção de etanol cai cerca de 27% na última quinzena de outubro

Dados da União da Indústria da Cana-deAçúcar (Unica), que representa usinas do Centro-Sul do Brasil, mostram que a produção de etanol atingiu 1,505 bilhão de litros na quinzena final de outubro, queda de 26,94% em relação a igual período de 2019, quando foram produzidos 2,060 bilhões de litros do bicombustível. Do total produzido, o hidratado representou 868 milhões de litros, enquanto o etanol anidro somou 638 milhões de litros. O volume do anidro representa um recuo de 0,85% na comparação anual. O hidratado apresenta retração de 38,78%.

Segundo a entidade, a produtividade agrícola vem recuando – dados preliminares do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) indicam que o rendimento da lavoura colhida em outubro caiu em comparação com o ciclo passado, passando de 67,5 toneladas de cana por hectare para 64,6 toneladas/hectare. A moagem de cana no acumulado da safra 2020/2021 atingiu 564,915 milhões de toneladas, aumento de 3,65% sobre as 545,006 milhões processadas em igual período do ciclo 2019/2020.

No acumulado da safra 2020/2021, o volume de etanol produzido no acumulado da safra 2020/2021 totalizou 27,085 bilhões de litros, 8,80% inferior ao registrado na última safra, com o etanol anidro recuando 4,54% e o hidratado, 10,64%.

A produção de etanol fabricado a partir do milho soma na quinzena 126,31 milhões de litros e, no acumulado da safra, 1,41 bilhão de litros.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Fecombustíveis