Vendas sobem e BR Distribuidora vê sinais de recuperação

A BR Distribuidora encerrou o terceiro trimestre de 2020 com um volume de vendas de 9,4 milhões de metros cúbicos (m3), crescimento de 20,8% na comparação com o segundo trimestre. De acordo com a companhia, os resultados do trimestre foram marcados pelos primeiros sinais de recuperação da crise causada pela covid-19. O volume de vendas, no entanto, ainda está 9,8% abaixo do ano anterior, quando comparados o terceiro trimestre de 2020 com igual período de 2019.

O aumento em relação aos meses de abril a junho se deu principalmente em função da demanda de produtos do ciclo otto (veículos que rodam com gasolina e/ou etanol), diesel e coque. A empresa explicou que a recuperação tem continuado nas últimas semanas e que as vendas de diesel em setembro e outubro já estão acima dos volumes projetados para estes meses antes da pandemia.
A a distribuidora registrou lucro líquido de R$ 335 milhões no trimestre, queda de 74,9% na comparação anual. Em relação ao segundo trimestre, houve aumento de 78,2%. A receita líquida do trimestre foi de R$ 21,1 bilhões, valor 13,2% menor do que no terceiro trimestre de 2019, mas 42% maior do que no período imediatamente anterior. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado ficou em R$ 834 milhões, avanço de 1,8% na comparação anual e de 2,2% em relação ao segundo trimestre de 2020.

Fonte: Valor Econômico