Economia abre consulta para construir postos de recarga de elétricos em Brasília

19/10/2020

O Ministério da Economia abriu nesta sexta (16) uma consulta para ampliar o número de postos de recarga de carros elétricos no Distrito Federal. A medida é mais um passo no acordo de cooperação assinado com o governo do DF no ano passado para viabilizar o projeto Vem DF, que prevê a implantação de uma frota de elétricos compartilhada entre servidores para atendimento aos servidores.

Hoje, o projeto já conta com 16 carros elétricos, cada um com autonomia de 100 quilômetro. O acordo com o GDF prevê a aquisição e implantação de seis postos de recarga pelo Ministério da Economia.

Com a consulta, o ministério pretende averiguar o interesse de outras instituições para bancar a instalação de mais postos. Será aberto um edital de licitação para a construção e a expectativa é que cada posto custe entre R$ 22 mil e R$ 30mil.

Para o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, o programa Vem DF deve incentivar o setor privado na criação de modelos de negócios de compartilhamento de veículos movidos a energia renovável.

Os servidores vão rodar de Twizy, um elétrico de dois lugares da Renault. O Vem DF conta com investimento de R$ 2,1 milhões da ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), em acordo de operação com o DF e Itaipu.

O serviço é viabilizado por um aplicativo, que permite reservar os veículos disponíveis e acompanhar a localização. O aplicativo rastreia o automóvel, monitora a velocidade, a carga de bateria e as rotas percorridas. Os carros serão desbloqueados com cartões dos usuários cadastrados no sistema.

Fonte: epbr