IBGE vê ‘leve recuperação’ do mercado de trabalho após reabertura

08/09/2020

Apesar da alta taxa de desemprego ter permanecido em patamar elevado na segunda semana de agosto, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) vê “leve recuperação” do mercado de trabalho após o relaxamento das medidas de isolamento social no país.

A avaliação é baseado em aumentos, ainda que pequenos, na população ocupada e no número de pessoas que voltaram às ruas em busca de emprego, detectados pela pesquisa Pnad Covid, divulgada nesta sexta (4).

Na primeira nota sobre o tema, o instituto havia informado que 1,6 milhão de brasileiros voltaram a pressionar o mercado de trabalho no período. Depois, reduziu o número para 1 milhão e, por fim, corrigiu que não era possível afirmar que esse contingente estaria pressionando o mercado de trabalho.

A pesquisa concluiu, de fato, que caiu de 28,1 milhões para 27,1 milhões o número de pessoas que gostariam de trabalhar, mas não procurou trabalho no período. O grupo dos que gostariam de trabalhar, mas não procuraram vaga devido à pandemia caiu de 18,3 milhões para 17,7 milhões.