Demanda por combustível deve acelerar recuperação nos próximos dois meses, estima Ágora

01/06/2020

Com o alívio das restrições de isolamento social adotadas pelos estados brasileiros, a Ágora Investimentos projeta uma recuperação mais acelerada da demanda doméstica por combustível nos próximos dois meses.

A procura por gasolina e etanol já está dando sinais de retomada, ainda que muito gradualmente. O volume médio diário chegou a cair 65% no momento mais sensível da crise, mas, em 24 de maio, as empresas de combustíveis conseguiram reduzir o percentual para -49,8%.

As refinarias da Petrobras (PETR4) também estão praticamente de volta aos níveis pré-covid. Na semana passada, a utilização média das operações no Brasil chegou a 73,6%.

“A Petrobras tem encontrado oportunidades de colocar seus combustíveis no exterior (incluindo gasolina, diesel e óleo combustível)”, destacaram Vicente Falanga e Ricardo França, analistas da Ágora. “Com a redução dos bloqueios, vemos uma oportunidade para a companhia operar suas refinarias perto dos níveis ideais de utilização de 80 e 85%”.

A corretora tem recomendação de compra para BR Distribuidora (BRDT3) e Ultrapar (UGPA3), dado o fluxo positivo de notícias do setor.

Fonte: Money Times