País perde 4,9 milhões de empregos em 3 meses

29/05/2020

Com o choque da covid-19 na economia, o Brasil perdeu 4,9 milhões de empregos entre fevereiro e abril, registrando quedas recordes em relação ao trimestre novembro/19-janeiro/20 (-5,2%) e na comparação com o mesmo período de 2019 (-3,4%). Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE.

Apesar desse cenário, o avanço do desemprego entre fevereiro e abril foi menor do que o esperado. O índice subiu de 11,2% em três meses até janeiro para 12,6% no trimestre até abril, atingindo 12,8 milhões de brasileiros. As estimativas colhidas pelo “ Valor Data” apontavam para um número pior (13,3%). A desistência de trabalhadores de procurar emprego em meio à pandemia ajudou a segurar o índice, porque a pesquisa só considera desempregadas as pessoas que procuram emprego e não encontram.

Fonte: Valor Econômico