Com gasolina cara, venda de etanol disparou em 2018

20/02/2019

As vendas de etanol hidratado no mercado brasileiro cresceram 42,1% em 2018, segundo dados divulgados nesta terça pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). A alta reflete a busca, pelo consumidor, de alternativa aos altos preços da gasolina durante o ano.

No geral, o consumo de combustíveis no país ficou estagnado no ano, com alta de apenas 0,03%. Para o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, além da economia fraca, os altos preços nos últimos anos contribuíram para o desempenho, que repete anos anteriores.

“O Brasil passou 2016 e 2017 com preços acima do mercado internacional”, disse ele, em evento para anunciar o balanço do mercado de combustíveis em 2018. Ele voltou a defender maior competição no mercado de refino, com a venda de refinarias da Petrobras. A ANP chegou a ir ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para questionar a concentração nesse mercado.
As vendas de etanol hidratado no mercado brasileiro cresceram 42,1% em 2018, segundo dados divulgados nesta terça pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). A alta reflete a busca, pelo consumidor, de alternativa aos altos preços da gasolina durante o ano.

No geral, o consumo de combustíveis no país ficou estagnado no ano, com alta de apenas 0,03%. Para o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, além da economia fraca, os altos preços nos últimos anos contribuíram para o desempenho, que repete anos anteriores.

“O Brasil passou 2016 e 2017 com preços acima do mercado internacional”, disse ele, em evento para anunciar o balanço do mercado de combustíveis em 2018. Ele voltou a defender maior competição no mercado de refino, com a venda de refinarias da Petrobras. A ANP chegou a ir ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para questionar a concentração nesse mercado.

Fonte: Folhapress