Para Maia, reforma tributária não deve tratar de IR

12/08/2018
Líder do processo que construiu maioria para a aprovação da reforma da Previdência na Câmara, o presidente da Casa, Rodrigo Maia, afirmou ao Valor ter divergência em relação à proposta de reforma tributária que o ministro da Economia, Paulo Guedes, deverá apresentar nesta semana.
Questionado sobre a ideia da equipe econômica de reduzir ou eliminar as deduções de gastos com saúde e educação no Imposto de Renda, Maia disse que alterações como essa não estão no escopo do que defende. “Não tem nada a ver com nossa proposta. Não estamos tratando da renda. Se quiser discutir a renda, podemos discutir. Nosso foco são os impostos que têm relação com bens e serviços. Se ele vai discutir renda, vamos ver que proposta ele vai encaminhar”, disse Maia à reportagem, na sexta-feira, enquanto era requisitado para selfies por dezenas de correligionários que o ovacionaram ao fim de uma reunião do DEM fluminense, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Para ler esta notícia, clique aqui.
Fonte: Valor Econômico